terça-feira, 2 de setembro de 2008

Até sempre Amiga...

Recados e Imagens - Flores - Orkut



Faltam-me as palavras
Aquelas que outrora soube dizer
Mas no amargo da despedida
Não soube mais o que fazer

Foi um telefone que se calou
Não mais vai ser atendido
A forte saudade já era sentida
Mesmo antes de teres partido

Aquela voz atenta e doce
Não mais será escutada
Mas tatuou as nossas vidas
Por ser tão dedicada

Quis Deus que assim fosse
E foi a ti que Ele escolheu
Molhou os nossos rostos de lágrimas
Ao juntar mais uma Estrela no Céu

Até sempre Querida Amiga
Viemos aqui para te dizer
Que por muitos anos que passem
Nunca te iremos esquecer.

Sentida Homenagem á nossa Querida Amiga e Colega de trabalho, Deolida Carvalho.

4 comentários:

Anónimo disse...

Que nunca se calem os poetas para imortalizar seres humanos como tu.
Bem hajas Deolinda

Ana Leal disse...

Que nunca se calem os poetas para imortalizar seres humanos como tu.
Bem hajas Deolinda

Cristina disse...

Olá,

Belo poema, linda homenagem.

Beijo carinhoso

Calor disse...

Oi! Gostei muito do poema. Continua assim. :)